Buscador
Categoria: História

Origem da palavra: Nepotismo

Origem da palavra: Nepotismo

Nepotismo, segundo uma definição rápida e simples da confiável Wikipedia, é:

“o termo utilizado para designar o favorecimento de parentes em detrimento de pessoas mais qualificadas, especialmente no que diz respeito  nomeação ou elevação de cargos.”

Porém, como memorizar a palavra? É muito simples! É só estudarmos a origem da palavra. Vejamos a seguir:

Quando alguém é nomeado para um cargo público só porque é parente de alguém com poder para tanto, isso significa que esse nomeado irá mamar nas tetas do governo.

Tetas tem mamilos. Mamilos em inglês é nipples (lê-se nípous). Portanto, nipoutismo.

O correto mesmo seria que fosse nipoísmo. Porém na época em que se começou a empregar essa palavra, o termo nipoísmo era muito usado para se referir àqueles que adotavam a cultura nipônica (japonesa). Então para diferenciar, adicionaram a sílaba ‘ti’, nos dando Nipotismo e mais tarde Nepotismo.

O exílio do Deus Pan e mais explicação de outras histórias

O exílio do Deus Pan e mais explicação de outras histórias

Pobre Pan

Quando migrou para a mitologia romana, recebeu o nome de Fauno. Era um deus digno e honrado. Deus dos campos, dos bosques e afins. Adorava tocar flauta.

Pobre Pan-Fauno

Os romanos confundiram Faunos com Sátiros. Isso foi terrível já que os sátiros eram lascivos e viviam com ereção. Também eram muito zombeteiros. Não se sabe porque os romanos fizeram isso, já que o Fauno era metade humano e metade bode, enquanto os sátiros eram metade humanos, metade asnos. Nem flauta os sátiros sabiam tocar.

Pobre Pan-Fauno-Sátiro

A Igreja Católica viu aquele pau ereto dos bêbados sátiros e demonizou a todos, inclusive o Pan. Até hoje a figura de bode ou meio homem meio bode é relacionado com o capeta!

Pobre Pan-Fauno-Sátiro-Capeta

Sempre tão nobre e agora repudiado, Pan se exilou no Brasil. Para poder passar na fronteira, Pan passou a usar um gorro para cobrir os seus chifres. Com sucesso, Pan foi morar na floresta, seu habitat natural. Tudo o que ele tinha era sua inseparável flauta.

Pobre Pan-Fauno-Sátiro-Capeta-Exilado

Para disfarçar-se ainda melhor, tratou de raspar seus pêlos. Assim, junto com seu gorro cobridor de chifres, Pan conseguia viver em paz. Ele se adaptou tão bem que pegou um bronzeado forte e estava feliz. Porém o destino lhe pregara outra peça. Pisou numa armadilha de caçador. A temida legholder. Com medo de que os caçadores o apanhassem e vissem que tinha chifres do capeta escondido sob seu gorro, Pan tomou um decisão difícil. Sacrificou a própria perna para fugir! Depois que a adrenalina passou, Pan sentia muita dor. Então os pajés mais sábios se uniram e criaram um fumo que fazia espairecer a dor e ofereceram ao Pan. Pan usa esse fumo até hoje, mas teve que fazer mais um último sacríficio: usar sua flauta de suporte para acender o fumo.

Pobre Pan-Fauno-Sátiro-Capeta-Exilado-Saci

Jesus, Contagem de tempo, Nero e explicação de contos bíblicos.

Jesus, Contagem de tempo, Nero e explicação de contos bíblicos.

Num sei se vocês já notaram, mas não existe o ano 0 (zero). Depois do ano 1 ac vem o ano 1 dc.

Então vejam bem, se Jesus nasceu no ano 1 dc. Isso signifca que no ano 10 dc, Jesus tinha na verdade 9 anos, e não 10. Ou seja, algo completamente errado, pois o termo nos faz pensar que, no caso, a marcação do tempo está situada 10 anos após o nascimento de Jesus e não somente 9.

Mas se pensarmos o oposto, Jesus nasceu 1 ac, concebido finalzinho do ano. Então no ano seguinte, 1 dc, ele completaria 1 ano. No ano 10 dc, ele teria exatos 10 anos. Seria perfeito se não fosse estranho pensar que nesse caso, Jesus teria nascido 1 ano antes do seu nascimento, já que esse é o signifcado de 1 ac.

Pois bem, essa contagem confusa de tempo deixou Nero que nasceu depois da morte de Cristo maluquinho da silva. Foi aí que Nero tacou fogo na porra toda de Roma que estava por tomar todo o sul da Europa.

O fogo incendiou a floresta. Então um pequeno beijar flor foi até o mar Mediterrâneo, pegou uma gotinha de água com o bico e soltou sobre o fogo. O leão vendo aquilo disse em nome de todos os animais e  homens que ali estavam desamparados: “Você acha que com essa gotinha você vai conseguir apagar esse incêndio todo?”

O beija-flor respondeu: “Eu sinceramente não acho, Sr. Leão. Porém, eu acredito que se cada um fizer sua parte, certamente acabaremos com o fogo.”

Todos resolveram ajudar. Eles conseguiram apagar o fogo assim.

Mas algo imprevisto aconteceu! A água jogada sobre o fogo foi tamanha que causou uma grande inundação!

Um velho balseiro passava pelo local, quando viu toda aquela bicharada morrendo afogada, chamou todos à bordo do seu transporte. O nome do balseiro era Noé.

Como todos sabem, a Bíblia foi sendo re-escrita e modificada ao longo do tempo, portanto deu tempo que esse conto fatídico conseguisse entrar nos textos sagrados antes de que Gutemberg a imprimisse a versão ‘final’.

Quando o Segundo Sol Chegar…Será?

Quando o Segundo Sol Chegar…Será?

É desnecessário dizer que o cometa 17p/Holmes é muito grande e facilmente localizável. Isso qualquer um já sabe. Recentemente uma comparação mostrava que o tamanho de Holmes era superior à metade da lua Cheia e continuava crescendo. Mas por incrível que pareça ninguém imaginava que chegasse a tanto. Holmes é gigante e já ultrapassou o tamanho do Sol.

De acordo com o astrônomo Dave Jewitt, “formalmente o Sol é o maior astro do sistema, mas agora esse posto pertence a 17p/Holmes”. E Jewitt sabe o que diz. O cientista trabalha na Universidade do Havaí e é uma autoridade nos estranhos corpos gelados que orbitam o sistema solar, além de co-descobridor dos primeiros objetos no Cinturão de Kuiper.

No entanto, é sempre importante lembrar que a afirmação não se refere propriamente ao corpo do cometa, que segundo as últimas estimativas, é de 3.7 quilômetros, e sim à nuvem de poeira que se estende ao redor do núcleo, chamada de “coma”, que desde o dia 23 de outubro não pára de crescer.

As medidas feitas pelos pesquisadores da Universidade do Havaí mostram que a coma de Holmes tem aproximadamente 1.4 milhões de quilômetros de diâmetro, contra 1.39 milhões de quilômetros do Sol. Sem dúvida a coma de Holmes é gigante, mas não maior que a do cometa Hale-Bopp, que em 1997 se apresentou com uma cabeleira estimada entre 2 e 3 milhões de quilômetros.

O que diferencia 17p/Holmes dos outros cometas é que a nuvem de poeira gelada a sua volta é quase esférica. Visto ao telescópio lembra um planeta, com uma tênue camada de atmosfera que empresta ao astro uma forma nebulosa. Mesmo utilizando um telescópio modesto, a nuvem de poeira se apresenta maior que o campo de visão da objetiva.

O Outburst

Até alguns dias atrás, Holmes não passava de um cometa de magnitude 17, ou seja, completamente invisível, mesmo através de instrumentos. Ninguém olhava para ele, já que nem com telescópios amadores dava para vê-lo. O brilho de Holmes era, até o dia 23 de outubro, 35 vezes mais fraco que o do planeta-anão Plutão.

Foi então que uma repentina explosão de brilho, conhecida como outburst, foi observada na constelação de Perseu, onde se localiza o cometa. Imediatamente a notícia se espalhou fazendo com que milhares de telescópios, profissionais e amadores, fossem apontados naquela direção.

O cometa

Holmes é um cometa periódico, que visita a Terra a cada 6.8 anos. Não há informações exatas sobre o tamanho real do seu núcleo, mas alguns especialistas especulam que tenha aproximadamente 10 quilômetros de diâmetro.

O motivo do outburst também é indefinido, mas acredita-se que tenha sido causado por alguma rachadura no núcleo, que permitiu que o material gelado do seu interior vazasse no espaço e entrasse em processo de sublimação na presença dos raios solares. 17p/Holmes foi descoberto em 1892 pelo astrônomo inglês Edwin Holmes, que conseguiu ver o cometa pela primeira vez devido ao fenômeno do outburst.

 

Texto Retirado do Site:
http://www.projetoportal.org.br/modules/news/article.php?storyid=112

Músicas antigas que são atuais

Músicas antigas que são atuais

Luís Inácio falou, Luís Inácio avisou
Luís Inácio falou, Luís Inácio avisou
São trezentos picaretas com anel de doutor
Luís Inácio falou, Luís Inácio avisou

Eles ficaram ofendidos com a afirmação
Que reflete na verdade o sentimento da nação
É lobby, é conchavo, é propina e jeton
Variações do mesmo tema sem sair do tom
Brasília é uma ilha, eu falo porque eu sei
Uma cidade que fabrica sua própria lei
Aonde se vive mais ou menos como na Disneylândia
Se essa palhaçada fosse na Cinelândia
Ia juntar muita gente pra pegar na saída

Pra fazer justiça uma vez na vida
Eu me vali deste discurso panfletário
Mas a minha burrice faz aniversário
Ao permitir que num país como o Brasil
Ainda se obrigue a votar por qualquer trocado
Por um par se sapatos, um saco de farinha
A nossa imensa massa de iletrados
Parabéns, coronéis, vocês venceram outra vez
O congresso continua a serviço de vocês
Papai, quando eu crescer, eu quero ser anão
Pra roubar, renunciar, voltar na próxima eleição
Se eu fosse dizer nomes, a canção era pequena
João Alves, Genebaldo, Humberto Lucena
De exemplo em exemplo aprendemos a lição
Ladrão que ajuda ladrão ainda recebe concessão
De rádio FM e de televisão
Rádio FM e televisão

Luís Inácio (300 picaretas)
Paralamas do Sucesso ou Os Paralamas do Sucesso

A música eu não sei de quando é, mas o álbum dessa música foi lançado e 1995. Ou seja, ela tem ao menos 13 anos.