Buscador
Categoria: Saúde

Inflamação muscular

Inflamação muscular

Dor muscular, dor e inflamação ou processo inflamatório são todos os efeitos adversos do uso excessivo do músculo na área afetada. A inflamação é uma reação do organismo a uma lesão ou infecção dos tecidos.

No sistema muscular ocorre microrrupturas nos grupos musculares durante o exercício e acúmulo de ácido láctico, gerando no organismo um processo de defesa que leva a um processo inflamatório.

Como conseqüência, inflamação muscular e dor são mais comuns entre os atletas e aqueles que realizam exercícios extenuantes para perder peso. No entanto, pode acontecer com qualquer pessoa, em qualquer lugar, durante a realização de tarefas rotineiras, incluindo levantar objetos pesados ​​ou participar de esportes sem preparo físico adequado.

Conhecida como miosite em termos médicos, a inflamação muscular  torna os músculos fracos e não conseguem desempenhar os movimentos que lhes são próprios: subir escadas, levantar os braços, ficar de pé, caminhar, levantar de uma cadeira, entre outros.

Tratamento e prevenção

Mamão, brócolis e chá de camomila são indicados como medicamentos naturais no tratamento de inflamação muscular. O mamão e o chá de camomila podem ser usados tanto sobre a pele como via oral.

Compressas de gelo, que é um processo antiinflamatório, pode ajudar a diminuir a inflamação nos músculos.

Alongamento antes e depois dos exercícios, pois estes também ajudam a relaxar a musculatura depois do esforço.

Relaxantes musculares, corticóides, emplastros e analgésicos anti-inflamatórios não esteróides – onde geralmente estão categorizados os medicamenos em creme, gel e spray – são eficazes no tratamento de inflamações musculares. Lembrando que não é conveniente tomar qualquer tipo de droga por mais de 10 dias seguidos, a não ser que seja indicado pelo seu médico.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Curiosidades

Segundo especialistas, o processo de hipertrofia, ou seja, o de ganho de massa muscular, ocorre na recuperação as microlesões da fibra muscular que são preenchidas com material muscular.

Portanto, quando você vai na academia para ganhar músculos, você paga para rasgar seu tecido muscular em microfissuras. Aquela dor que você sente após a academia é um processo inflamatório.

O termo inglês ‘No Pain, No Gain’, que significa ‘Sem dor, sem ganho’ é verdadeiro já que você precisa se machucar, sentir dor, esperar o organismo tratar as lesões para ganhar a massa muscular, tornando o descanso a parte fundamental do processo de ganho de massa magra. Exagerar no exercício sem descanso, causa o efeito contrário, pois não dá tempo para o organismo recuperar.

“Causar inflamação local é, então, interessante para a hipertrofia muscular? Sim!”

Se você quer ganhar massa muscular, mas toma medicamentos anti inflamatórios e analgésicos após o treino, você está inibindo o processo de ganho de massa.

Fontes

http://drauziovarella.com.br/letras/d/distensao-muscular/
http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/9226/inflamacao-muscular
http://www.infoescola.com/doencas/miosite/

Medicamentos usados para tratar dores musculares


http://www.abc.med.br/p/sinais.-sintomas-e-doencas/336209/miosite+causas+sintomas+diagnostico+e+tratamento+o+que+devo+saber+sobre+ela.htm
http://maisequilibrio.com.br/fitness/voce-sente-dor-depois-dos-exercicios-3-1-2-384.html
http://saude-info.info/inflamacao-muscular.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Inflama%C3%A7%C3%A3o
http://saude.umcomo.com.br/articulo/os-melhores-anti-inflamatorios-musculares-naturais-2406.html
http://www.ehow.com.br/aliviar-inflamacao-muscular-nas-pernas-como_9589/

COMO OCORRE O GANHO DE MASSA MUSCULAR: VISÃO GERAL


http://arthuraleciopersonal.wordpress.com/2012/04/09/ganho-de-massa-muscular-como-funciona/

Educação alimentar: Jamie Oliver x McDonalds

Educação alimentar: Jamie Oliver x McDonalds

Depois do meu período de férias, retorno a esse amável blog com um tema muito polêmico referente a educação alimentar e a sociedade.

Rolou alguma matéria na internet de que o McDonalds, após as denúncias de Jamie Olivier, vai retirar o hidróxido de amônio de sua receita de carne. Isso é muito bom porque finalmente podemos comer um lanche saudável nessa grande e global rede de lanchonetes. Na verdade o responsável pelo processamento da carne na América Latina afirma que nunca usou essa química no alimento.

Lendo essa matéria e lembrei de um cozinheiro que mostra para umas crianças como é feito o nuggets. Esse cozinheiro é Jamie Oliver. Vejam o vídeo em inglês abaixo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=pPnKxWvPM6o]

Um monte de pessoas começaram a ficar com nojo e reclamar após ver esse vídeo. Mas se você não sabe inglês, veja nos últimos cinco segundos de vídeo após o famoso chef pergunta quais das crianças querem comer o nuggets que ele fez, quantas crianças levantam a mão.

E sendo as crianças os únicos seres espontâneos e sinceros no mundo, vemos quem está errado. E se você não conseguiu concluir quem está errado, são os mesmo que criticam essa bela rede de alimentos que é o McDonalds.

Esses caras que reclamam do McDonalds e ficam criando campanhazinhas contra são os mesmos que reclamam da falta de alimento no mundo. E o que o McDonalds fez? Criou um super sistema de aproveitamento de carne num sabor delicioso.

Sabe o que é pior ainda? Esses caras que reclamam do McDonalds  e ficam criando campanhazinhas contra são os mesmos que nem se importam com a falta de alimento no mundo. Enquanto o McDonalds criou um super sistema de aproveitamento de carne num sabor delicioso. Cerca de 20% dos alimentos comprado é desperdiçado pelo consumidor final.

Comentando sobre isso com um bom amigo meu, ele fez a correta comparação com o povo que cobram atitude do governo nas enchentes, mas são os mesmos que elegem os governadores e principalmente os que despejam sofá, pneus e garrafas pets nas ruas e nos rios.

Dicas para segurar a vontade de cagar

Dicas para segurar a vontade de cagar

Muitos de nós já passamos perreio em diversas ocasiões com a vontade de evacuar em momento inapropriado.  Não que essa vontade seja de todo o mal. Ela é muito boa. Ela nos proporciona um dos melhores prazeres da vida quando as satisfazemos. O problema é quando não podemos satisfazer essa vontade. Então segue aí algumas dicas legais para evitar tal constrangimento:

1 – Antes de sair de casa tome água com maizena, suco de limão opcional. Essa receita ajuda a empelotar tudo no intestino. As desvantagens são as seguintes: a) Necessita ingredientes; b) Não é instantâneo, necessita programação e planejamento; c) Seu intestino pode ficar preso de tal maneira que há relatos de que demore até 48h para ele voltar ao funcionamento regular.

2 – Afroxe um pouco a sua calça, seja através do botão ou através do cinto. Esse movimento, quando bem executado, permite que os gases passem com maior facilidade através dos sólidos, diminuindo a pressão interna. Desvantagens: a) Não pode ser executada em locais públicos, principalmente quando se está de pé.

3 – Faça pressão negativa no seu pulmão. Isso elevará seu diafragma, que por sua vez puxará todo o intestino para cima, equalizando as pressões internas, livrando momentaneamente o desespero. Desvantagens: a) Necessita treino.

Nenhum meio é 100% eficaz, mas todos são eficientes. Só devemos saber quando aplicá-las. Elas podem não funcionar em caso de diarréia.

E você, amiguinho, qual sua dica para segurar a vontade de cagar?

PS: Não sabem a diferença entre eficaz e eficiente, sugiro que pesquisem.

Boas volta às aulas!

Boas volta às aulas!

Pedidos desculpa pela longa ausência. Os autores desse blos estão muito ocupados com projetos paralelos, quando não doentes ou cansados.

Como sabemos, a maioria do público que nos visita é de alunos. Sabemos também que a volta às aulas foram adiadas devido à gripe. Sabemos também que muitos voltam às escolas amanhã, portanto o blog deseja boa volta as aulas!

Cuide do sorriso dos seus filhos já!

Cuide do sorriso dos seus filhos já!

Atenção!

Cheguei a uma constatação alarmante. Visto que somos seres que evoluem, conclui que dentro de 1 milhão de anos ficaremos sem os dentes da frente.

O estudo foi feito através da observação alimentar das pessoas que começaram a segurar e a cortar o bife respectivamente com o garfo e a faca que deveria ser respectivamente as funções do dente canino e do dente incisivo.

Então se continuarmos a comer com esses talheres, nossas próximas gerações não terão mais os dentes de frente!

Sugiro uma campanha para levantamento de fundos para início da campanha “Dentes do amanhã” imediatamente.

What the Bleep do we Know?

What the Bleep do we Know?

Hoje estou aqui para indicar um bom filme, na verdade, um documentário.

O nome é What the Bleep do we Know? O bleep aqui no Brasil seria o Beeeeeeep de quando alguém fala um palavrão na televisão. A tradução seria algo como Qual porra que nós sabemos? Ou algo similar.

O documentário reúne vários físicos, médicos, teólogos, geneticistas, psicólogos, psiquiatras entre outros, para debater temas como: o que é a realidade, a percepção do mundo a nossa volta, física quântica, a percepção de tempo e espaço dentre outras perguntas simples de serem respondidas.

Eu assisti e acjei bem interessante.

Creio ser difícil de achar numa locadora, desta forma, sugiro baixá-lo através de um bom tracker de torrent, como este:

http://www.mininova.org/tor/548405


Video
Format : MPEG-4 Visual
Codec ID/Hint : DivX 5
Duration : 1h 48mn
Bit rate : 762 Kbps
Width : 720 pixels
Height : 400 pixels
Display aspect ratio : 16/9
Frame rate : 29.970 fps
Resolution : 24 bits

Audio
Format : MPEG Audio
Codec ID/Hint : MP3
Bit rate : 32.0 Kbps
Channel(s) : 2 channels
Sampling rate : 44.1 KHz

Já a legenda pode ser encontrado facilmente no www.legendas.tv.
 
Divirtam-se.
He-man, ensinamentos e profecias aplicadas no mundo contemporâneo

He-man, ensinamentos e profecias aplicadas no mundo contemporâneo

Hoje, vendo alguns vídeos no Youtube fiquei impressionado com alguns, de um herói bem conhecido, He-Man,

Primeiramente um clone de He-Man usa de artifícios muito convincentes, mostrando que com sua malandragem pode  enganar a feiticeira, amiga do verdadeiro He-Man.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2mdiqk-2pbw]

Logo em seguida, He-Man e sua turma tem uma conversa “meio” estranha com as crianças, que eu duvido muito que alguma tenha entendido o verdadeiro sentido da coisa. Viva os anos 80.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=jlQrO7e0nRY]

E agora, A Profecia. Sim He-Man de fato é um herói, e profeta, veja sua brilhante esplanação sobre o mercado financeiro, em todas suas variantes como capitais, derivativos, futuro, subprimes…… resume tudo em poucas e eficientes palavras, e alertam os que não o escutarem.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=wxSgesDyvS4]

Enfim, He-Man reina.

Perigo da automedicação

Perigo da automedicação

Quero falar sobre o perigo da automedicação. Isso é terrível. Inclusive existem leis que obrigam os farmaceuticos a só venderem remédio sob orientação médica. E vejam bem, orientação médica quer dizer que o remédio deve ser prescrito por um médico, não por um farmacêutico.

O caso é que o governo não consegue controlar remédios caseiros. Por exemplo: comida fibrosa. Receita-se esse tipo de alimento para aqueles que sofrem de prisão de ventre. Mas e quanto aos que não tem intestino preso? Quem é responsável por um eventual efeito adverso?

Conheço uma pessoa que quando come muito alface e/ou mamão, funciona como efeito laxante. É um chamariz para cagar na calça, embora segundo essa pessoa, isso nunca tenha acontecido.

Um dia desses tal pessoa relatava que comeu um prato cheio de salada no almoço: alface crespa, cebola, tomate. Comia e deliciava-se. Só parou quando encotrou um inseto esquisito. Descreveu como um animal com tórax e cabeça como as de um inseto, porém com abdômen de lesma. Seria uma evolução de espécie? A praga perfeita?

Pois bem, voltemos ao assunto. Eu sei que essa pessoa disse que quando chegou na noite do mesmo dia, o efeito laxante já tinha dominado seu corpo. Felizmente, o pobre diabo já se encontrava em casa. Correu para a casa de força e eis que ele obteve um milagre, uma bênção. A evacuação de gases mais longa que já presenciara.

O normal, acredito eu, que uma evacuação de gases 4 segundos é considerada longa.

No relatório que eu tive dessa pessoa, era afirmado que durou 10 segundos diretos. Parece que a coisa foi tão violenta que dava para ter enchido um balão de festa de uma vez só.

Eu que não fumo, nem usando meus dois pulmões consigo tal façanha. E vejam, essa pessoa infeliz não teve nem tempo de gravar para por no youtube. Seria um sucesso.

A conclusão é que perigo de automedicação na época da web2.0 é sucesso na internet.

Bebida + direção = …….. o que mudou?

Bebida + direção = …….. o que mudou?

Ola amiguinhos! Estou de volta, agora aprontando poucas e boas.

Aproveito o ensejo para publicar um “desabafo” em cima das palhaçadas que ouço, dessa vez, a lei do momento é a Lei Seca. Ouvi muitas asneiras a respeito, mas cheguei ao limite quando li esse artigo denominado Tira suas dúvidas sobre a Lei Seca (http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL611505-5598,00.html)

Quanta idiotice em tão pouco espaço.

Farei aqui um perguntas e respostas também.

Primeira pergunta: Quando, na lei antiga, era permitido dirigir embriagado? O que mudou?

Não amiguinho, na lei antiga também não era permitido dirigir embriagado. Nada mudou então.

2.) Mas o Jornal Nacional disse que agora qualquer quantidade de álcool no sangue enquadra-me na lei não é mesmo?

Claro. Desde que você seja idiota o suficiente para, tomado 2 copos de chopp soprar o bafômetro.

3.) Nossa, mas eu posso negar-me?

Sim.

4.) Mas em qualquer situação?

Sim

5.) Qualquer, qualquer, qualquer?

Sim.

6.) Mas o Datena disse que é esse o motivo que o país não vai.

Manda ele criar outra assembléia constituinte para alterar o conceito de ampla defesa.

6.) E como o guarda comprova a embriaguez sem fazer o exame?

Da mesma forma que antes, conforme parágrafo segundo do artigo 277 da lei 11705:
§ 2o A infração prevista no art. 165 deste Código poderá ser caracterizada pelo agente det rânsito mediante a obtenção de outras provas em direito admitidas, acerca dos notórios sinais de embriaguez, excitação ou torpor apresentados pelo condutor.

7.) Mas posso ser preso agora.

Pode, Se você fizer o exame, E dirigir colocando a vida de terceiros em risco, como sempre foi.

Pois é, uma boa lei MUITO rígida para inglês ver e a mídia se deliciar e os otários, leia-se pessoas normais, pensarem que o estado preocupa-se com seu bem estar.

Coisas que eu não entendo I

Coisas que eu não entendo I

Dizem que quem fuma passivamente sofre 2x mais de que quem fuma ativamente.

Isso porque quem fuma ativamente usa o filtro, enquanto o passivo absorve a fumaça ruim, a não filtrada.

Mas uma coisa que eu não entendo é:

O que que impede o fumante ativo a inalar a fumaça ruim do próprio cigarro enquanto fuma (B)?

Ou, se não, o que impede o fumante ativo ser o passivo de um terceiro?

É. Ou esses cientistas quiseram fazer as pessoas pararem de fumar por chantagem emocional ao próximo, ou quiseram induzir os não fumantes a fumarem ou são muito burros mesmo.