Buscador
Autor: Tiago P.

Domínios de internet, quando não há ética

Domínios de internet, quando não há ética

Uma situação curiosa aconteceu com o nosso domínio aleatorica.com, que era contratado junto ao Godaddy.

Perdemos o prazo para renovar, por um problema com o cartão de crédito cadastrado. Um dia após o vencimento, para poder continuar com o domínio foi estipulado uma multa de mais de R$ 100,00 + o valor do domínio, que não pagamos, uma vez que um domínio custa em volta de $ 12,00.

O curioso é que alguns dias depois o domínio apareceu registrado, e pesquisando o whois, o proprietário era name.com.

Esperamos o 1 ano e readquirimos o domínio, pagando os 12$, porémd esta vez escolhemos hospedar no Google Domais cremos numa seriedade maios, do que bots rodando para esperar o dia de vencimento e rapidamente gerar uma compra esperando que compremos de volta a qulaquer custo.

 

Aprendemos 2 coisas

  1. Nunca deixe seu domínio vencer;
  2. O mercado de domínios não é muito ético.
O incrível mundo dos comentários

O incrível mundo dos comentários

Há notícias em que o interessante não é a notícia em si, mas os comentários.

Esses dias deparei-me com a seguinte:

Jornalista dinamarquês deixou Brasil por medo e promete lançar documentário

Sabido que sou, desci aos comentários para ler um pouco a opinião de nossos colegas internautas.

Confesso que fiquei surpreso, e consegui criar alguns padrões.

Os nomes e fotos foram ocultados por razões óbvias.

O HATER
Capturar2_troll

O PATRIOTA
Capturar_patriota

O CONCISO
Capturar_explicaçãofacil

O WTF
Capturar_desconexo

TEORIA CONSPIRATÓRIA
Capturar

A NEGAÇÂO
Capturar se procurar acha

E você amiguinho? A qual grupo pertence?

Verdade inconveniente: Impostos que pagam impostos

Verdade inconveniente: Impostos que pagam impostos

É época de Imposto de Renda. Período  que se evidencia uma anomalia. Algo muitíssimo curioso que ignoramos por afetar nossa zona de conforto e/ou por simples ignorância.

Vamos exemplificar.

Imaginemos um sujeito que ganha um salário de R$ 5.000,00 mensais.
Esse mesmo sujeito, jovem, não se preocupa com o futuro, não possui um plano de previdência, nem paga um plano de saúde.
Desta forma, ele contribui apenas com o INSS, único desconto de seus proventos. Para facilitar os cálculos não vamos incluir as férias.

INSS – 482,93 pois o teto do INSS é R$ 4.390,24 (ref. março/2014) e a alíquota é de 11%.
http://www.previdencia.gov.br/inicial-central-de-servicos-ao-segurado-formas-de-contribuicao-empregado/

O seu imposto de renda, conforme cálculo no site da receita, será
http://www.receita.fazenda.gov.br/aplicacoes/atrjo/simulador/telaoptmenanu.htm

R$ 416,04 por mês
x 13 (incluindo o décimo-terceiro) = R$ 5.408,52

CapturarTabela de faixas de IR

No fim da declaração, o sujeito usando o desconto simplificado, que é o mais conveniente em seu caso, conforme cálculo no programa da receita, restituiria R$ 179,39.

Capturar2Cálculo do imposto no programa da receita

Ou seja, ele deixa para o governo, R$ 5.229,13 dos R$ 65.000,00 que ele ganhou no mês. Arredondando, 8% do seu salário.
Até aí, há as discussões normais sobre alíquotas, deveria ser menos, isento, enfim, não há nenhuma novidade.

O surreal começa a seguir.

Nosso amigo, mesmo após ter lido o post do carro 0km, acaba comprando um.
Ele paga R$ 30.000,00 num novíssimo, confortável e tecnológico 1.0 com kit visibilidade e super calotas.
No começo do ano ele precisa pagar o IPVA. A alíquota do referido imposto é de 4% (no estado de SP) do valor do carro = R$ 1.200,00.

Lembram do IR de 8%? Surpresa!!
Nosso amigo pagou um imposto de R$ 96,00 para poder pagar um imposto de R$ 1.200,00!

O mesmo acontece com o IPTU de sua casa, e com as dezenas de outros impostos embutidos nos produtos e serviços, que mal sabemos o quanto é.
No fim de 1 ano, o sujeito em questão pagou centenas de reais em imposto de renda para aí então adquirir o direito de pagar outros milhares de reais em impostos!
A solução é muito simples. É só abater do cálculo dos rendimentos considerados para o IR, os demais impostos já pagos durante o ano.
Ao menos os mais claramente bizarros como IPVA e IPTU seria perfeitamente possível.
O sistema hoje é tão perverso, imoral e insano quanto a consciência dos que são por ele passivamente explorados.
Creio que seja a única explicação plausível que leva tais sujeitos a ignorar e aceitar isso.

Recuperação de Senha no FileZilla – Passo a Passo

Recuperação de Senha no FileZilla – Passo a Passo

Hoje me deparei com um problema.

Tinha uma senha salva no FileZilla, porém havia esquecido-a.

Primeira idéia: procurar por Password Recovery for FileZilla no Google, baixei alguns arquivos, testei e nada de recuperar.

Depois de fuçar fiz algo óbvio, Abri o FileZilla, fui em Arquivo / Gerenciador de Sites, botão direito na minha conexão / Exportar e salvei o arquivo como XML.

Quando abri o arquivo com o NotePad, eis que para minha surpresa, lá estava a senha.

Achei engraçado como é simples…… e ao mesmo tempo inseguro.

Também achei bem oportunista alguns programas pagos para a recuperação da senha, algo extremamente simples.

Versão usada: 3.5.3

 

Atualização – 11/03/2013

Conforme informado nos comentários, esse truque ainda funciona na versão 3.6.0.2.

Verdades inconvenientes do carro 0km

Verdades inconvenientes do carro 0km

Há algo muito errado acontecendo com quem está comprando carros 0 km.

Quando tento explicar que você está fazendo uam grande M#$#%&, recebo a contra-argumentações idiota do tipo: “Ah é assim mesmo”. Ou então algo mais abominável, “Mas se eu não fizer isso, eu nunca terei um carro 0km.”

Meu Deus, ajudai essas pessoas, elas não sabem o que fazem.

Vamos fazer um cálculo, talvez assim você consiga entender:

Peguemos um modelo de carro, Fiat Palio 1.4 “completo”, ou o que assim dizem ser. R$ 34.000,00. Em qualquer lugar civilizado, isso ja seria um argumento que não precisaria de mais nenhuma explicação, mas não estamos neste lugar, então continuemos:

Além dessa loucura de pagar esse valor nesse carro, supomos que o sujeito, beirando a total insanidade, resolva financiar esse bem, aproveitando a fantástica queda de juros! Vamos mais longe e imaginar que ele consiga uma “boa” taxa, 0,9% a.m. E olha que fui muito bonzinho nessa suposição.

Como hoje estou muito empolgado, esse nosso personagem irá surpreender nosso senso de lógica e financiará 100% do automóvel.

Lembramos que existe IOF sobre o valor financiado, cujo cálculo é um pouco complexo. A alíquota é de aproximadamente 0,0041% ao dia sobre o valor a ser financiado, limitado a 365 dias, ou seja, por volta de R$ 505,60. Esse imposto nada mais é do que uma taxa pela benção do governo ao permitir o empréstimo. Muito sacaninha esse tal de governo né? E o banco não quer ser menos esperto que o governo, e financia o IOF, faz vc pagar juros sobre um imposto! Que dupla eles formam hein, mas essa sociedade só funciona em razão de pessoas estúpidas como você, caro comprador de carros 0 km, você é quem financia isso, você e unicamente você é o responsável por esse circo.

Vamos fazer o cálculo nas clássicas 60 parcelinhas.

Calculando:

Valor do bem: R$ 34.000,00
IOF: R$ 505,60
Valor a financiar: R$ 34.505,60
Taxa: 0,9% a.m. ou 11,35% ao ano.
Percentual financiado: 100%
Prazo: 60 meses
Valor da parcela com juro:  R$ 746,79
Valor da parcela SEM juro: R$ 575,09
Valor TOTAL pago: R$  44,807,12 
Quanto você perde no financiamento: R$  10.807,12
Quanto você paga POR MÊS a mais no financiamento:  R$ 171,70

P. Nossa mas eu perco tudo isso?
R. Não, ainda não terminamos.

Temos a desvalorização anual do veículo, visto ser um bem de consumo e não um investimento.

Uma desvalorização maior ou menor leva vários fatores em consideração. Mas o primeiro ano é onde ocorre a maior desvalorização.

Seguindo essa tabela temos:

http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI284502-16418,00-OS+CARROS+QUE+MAIS+E+MENOS+DESVALORIZAM.html

Desvalorização de 11,6% no primeiro ano.

Valor pago:  R$ 34.000,00
Desvalorização: R$ 3.740,00

P. Meu deus! Quando isso irá acabar?
R. Acalme-se

IPVA 

Assim como o IOF é a benção para o financiamento, o IPVA é a benção para você possuir o carro. O governo, muito bondoso diz: Você tem? Então cale a boca e me pague!

No estado de São Paulo, a alíquota é de 4% do valor de mercado do carro.

IPVA = 4% = R$ 1.360,00

Seguro:

Esse ítem é difícil mensurar, por que tem grandes diferenças conforme a região e o perfil do motorista, mas lembre-se que a dupla Governo / Banco, jamais ficarão para tráz. O Banco cobra valores ridiculamente altos, e o governo carimba, e cobra IOF em cima.

Creio que numa região metropolitana, o valor não fique inferior a R$ 1.500,00

Resumindo as perdas do primeiro ano:

Juros e IOF: R$  2.060,40
Desvalorização:  R$ 3.740,00 
IPVA: R$ 1.380,00 
Seguro: R$ 1.500,00 

Total:  R$ 8.680,40
Total mensal: R$ 726,36

Acrescentemos aqui a prestação bruta de: R$ 566,66

total no primeiro ano mensal: R$ 1.293,02

É claro que a depreciação não entra como uma parcela mensal, mas uma hora ela será sentida.

Se até agora você está achando isso normal, tenho duas teorias: Ou você é tão ignorante e estúpido, que não sei como conseguiu ler até aqui, ou você faz parte desse trio espuleta: Governo / Montadora / Banco.

Eis um gráfico de como ficaria a composição dos custos envolvidos com o seu carro 0km  financiado. Cuidado! è um pouco aterrorizador.

Composição da Parcela

É interessante observar que o gráfico acima é em função dos valores do financiamento apenas, não consideramos aqui os impostos e taxa na fabricação do veículo.

Tal tema havia sido tratado aqui:
http://aleatorica.wordpress.com/2011/05/02/850/

Entretanto farei um novo posto juntando os 2 gráficos para vermos a bizarrice que será o resultado.

Conclusão:

Ter um carro no Brasil é assustadoramente caro.

Ter um carro 0 km, é  estúpidamente inviável.

Ter um carro 0 km financiado é a coisa mais idiota que você pode fazer, um suicídio financeiro.

referência:
como calcular o IOF
http://www.minhaseconomias.com.br/blog/educacao-financeira/como-calcular-o-iof-de-um-financiamento-de-veiculo
Terceiro Mundo + Povo Iidota = Iphone 4S a R$ 2.599,00

Terceiro Mundo + Povo Iidota = Iphone 4S a R$ 2.599,00

O mais cruel ao morar num país como esse, é que somos bombardeados por notícias absurdas atrás de outra,  o que nos faz perde a noção de seus impactos e do quão ridículas e surreais se tornam.

Olhem esses preços anunciados pelo site da apple.com.br do “novo” Iphone 4S

Preços Abusivos Iphone 4S

Sem entrar no mérito do produto, há quem goste e quem não goste, concentrando-se no PREÇO apenas.

No lançamento do Iphone 4 ano passado, os preços eram a partir de R$ 1.799,00.

Em todo o mundo, o Iphone 4S foi lançado COM O MESMO preço do ano passado.

Agora podemos nos orgulhar do Iphone 4S ser vendido oficialmente no Brasil, e também por ser o mais caro do mundo.

Era pra isso que vocês queriam vir pra cá? Pois sabem que somos idiotas? Por que sabem que teriam pessoas imbecis, sem amor próprio e com uma necessidade imensa de se mostrar? Ainda que o se mostrar nesse caso seja:

– “Vejam, comprei o celular mais caro do mundo! Qualquer idiota em qualquer parte do planeta compraria o mesmo aparelho por no mínimo 40% a menos! Sou muito bom! Me invejem!”

Sinto dizer, mas se você pagar esse valor acima, você estará assinando a sua incompetência de viver em sociedade.

Só tenho a lamentar.

Esse é um fim de semana negro para quem aprecia tecnologia neste país.

O refrigerante mais caro do mundo

O refrigerante mais caro do mundo

Ontem (19/08/2011) eu e alguns amigos fomos a uma padaria próxima ao serviço almoçar.
Comemos e como estávemos em muitas pessoas, pedimos uma Coca-Cola de 2 Litros.
Até aí tudo bem.
O refrigerante foi colocado em minha comanda, quando fui efetuar o pagamento, a conta deu R$ 26,00 e alguma coisa. Achei que havia algum erro, pois no momento que pesei o prato havia dado por volta de R$ 14,00.
A atendente confirmou: uma refeição de R$ 14,00 e uma Coca e 2 litros, cujo preço foi de R$ 12,00 (DOZE REAIS).
Incrédulo disse: Não moça, foi apenas 1, e não um fardo de 6. Ela insisitiu: Sim, esse é o preço da unidade.
Retruquei: Você não sente vergonha de dizer que um refrigerante custa DOZE REAIS?
A atendente em sua fala robótica apenas disse que se eu não gostei deveria procurar a gerência.
Concordei e falei, quero conhecer o gerente que coloca o preço nisso.
Obviamente ele não estava disponível.
Considerações:
1. O primeiro erro foi o meu ao não olhar o preço do produto.
2. O primeiro erro não justifica o absurdo que alguns estabelecimentos fazem. Qual a justificativa para um refrigerante custar R$ 12,00?
Será que ele informa devidamente em seus balanços fiscais esse lucro? Imaginando que ele pague R$ 2,50 nessa garrafa, seu lucro foi nada menos do que 380%.
Fiz minha parte exigindo a Nota Paulista, bem como fazendo a reclamação, ah e também nunca mais voltando a esse lugar.
Análise de propaganda: Fiat / 35 anos de exploração

Análise de propaganda: Fiat / 35 anos de exploração

Indo na onde do amigo léo de an[alise de propagandas, trago essa da Fiat. É engraçado como algo pode ser tão redundante quanto esse slogam: “Fiat 35 anos – Movidos pelos brasileiros” É claro que é movido por brasileiros, afinal são os únicos suficientemente idiotas para pagar 30 mil num UNO “novo”, ou 23 mil no antigo. Queria ver a Fiat ser movida por estadounidenses. Essas tranqueiras que são feitas aqui nunca entrariam lá. Parabéns FIAT pelos 35 anos produzindo as carroças mais caras do mundo.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cDaa7meTbv8]

Um brasileiro esclarecido

Um brasileiro esclarecido



Nunca tinha lido uma frase que tão bem combinava com meu pensamento quanto essa:

O Brasil é um país atrasadíssimo, cujo povo é primitivo, quase irracional. Um povo excessivamente emotivo, passional, intelectualmente indolente, passivo, preguiçoso por natureza. O povo do nosso país só quer levar vantagem de qualquer maneira. Não há patriotismo ou solidariedade entre nós. Qualquer um que consiga entrar na política partidária só quer “se dar bem”. Enquanto formos assim, seremos isto que tenho visto há 67 anos: um arremedo de nação.

A fonte é interessante, um comentário de leitor, na seguinte notícia: Brasil vai colocar mais água na gasolina e importar álcool.

Muito pertinente.

Mal algum irei temer

Mal algum irei temer

O peso do dinheiro

 

Hoje tomei um baita susto ao ler esta notícia: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5024163-EI7896,00-STF+comeca+a+julgar+validade+da+Lei+da+Ficha+Limpa.html

Temi o que podia acontecer. Temi pela inegibilidade de bandidos, de quadrilhas de terno, de bicheiros, escravocratas, ladrões, malditos exploradores do tráfico de drogas, armas, pessoas, produtos piratas, contrabandos….. temi pelo mínimo de moralidade, de decência, de respeito que podia ser tomado. A lei era muito rigorosa. Tornava inelegível até o ser que fosse suspenso em sua sociedade de classe. Hora, é claro que se o fulano não consegue exercer com ética e legalidade a função para qual estudou anos para fazê-la, em sua função legislativa ou executiva isso nada influenciaria.

Temi também pelos pobres coitados que votaram nesses bandidos, que poderiam refletir que seu voto de nada valem, que são insignificantes, que são massas influenciadas, manipuladas, ridicularizadas. Massas de nada.

Temi que pudesse haver um lampejo de sobriedade. Que vissem que suas vidas se resumem a sofrer. A batalhar pelo pão. A pagar malditos impostos, absurdos em qualquer lugar da terra.

Temi que talvez pudessem enxergar o absurdo surreal que vivem nesse país. Onde tudo se paga no mínimo 3 vezes pelo mesmo serviço.

Quer saúde decente? Pague. Mas e os impostos? Não são suficientes para nos manter.

Quer ter um carro? Pague 40% de imposto nele. Pague IPVA. Pague seguro. O que? Ainda quer andar com ele também? Ora, pague pedágio.

Temi que no fundo, no fundo, ouvesse um mínimo de patriotismo, de civilidade, de preocupação com o bem comum em cada brasileiro.

Mas no fim, temi em vão.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5025057-EI7896,00-STF+decide+que+Ficha+Limpa+vale+apenas+para+eleicoes+de.html