Análise de Propaganda: Loteria Federal, Brahma, Nova Schin, Toyota e Oi

Análise de Propaganda: Loteria Federal, Brahma, Nova Schin, Toyota e Oi

Voltamos com mais uma das nossas análises de propaganda de baixo critério técnico, mas muito pertinentes.

Começamos com a Loteria Federal e sua propaganda da Mega da Virada.

Mega da Virada - Loteria Federal
Mega da Virada – Loteria Federal

A propaganda falha no critério criativo em seu bordão: “Imagina se você ganha!”. Ninguém no mundo das propagandas estava usando o verbo Imaginar no pseudo imperativo. Então assim, do nada, numa crise de consciência coletiva assíncrona, a Brahma criou a campanha “Imagina a Festa”, que para manter o baixo padrão de qualidade das principais cervejas nacionais, fez uma campanha que celebra a ignorância das massas, lembrando seu público com pouca educação de que a copa do mundo do Brasil não vai ter nada de ruim. Só de bom. Aí a Caixa Econômica Federal resolveu usar a mesma palavra na sua propaganda.

Mas falando em cerveja, vamos à propaganda da Nova Schin dos esqueletos, que apresenta um conceito interessante.

Nova  Schin - Esqueletos
Nova Schin – Esqueletos

Não sei se as pessoas notaram no comercial, mas quando as pessoas viram esqueletos, as vozes deles mudam. Eles ficam com vozes e sotaques de completos idiotas. Reparem a primeira falando: “Uó bruódéir!” A alusão é muito clara, bebendo Nova Schin a vida inteira você vira um idiota. Simples e direto.

E para reforçar mais uma vez como as propagandas de cervejas são todas igualmente ruins, eu achava que a propaganda do “Imagina a festa” fosse da Skol e dos esqueletos fosse da Itaipava. Eu tive que pesquisar para confirmar as marcas.

Já a propaganda do Toyota Etios foi tão avacalhada na internet , zoaram tanto que só aparece o Samuel Rosa e a Pitty no primeiro comercial, que tiveram que fazer um segundo, dando mais visibilidade ao Toni Beloto e os outros dois músicos. Mais uma vez as Redes Sociais imprimem sua força.

Agora entre as mais bizarras do ano está esse propaganda de natal da Oi.

Eu não sei o que aconteceu dessa vez. Acho que a Oi analisou todas as mensagens de texto trocadas pelos celulares de seus usuários e deduziu que 90% do seu público sofre de complexo de Édipo, aí fizeram uma propaganda para essa galera.

Não achei o vídeo para por aqui.

Mas no comercial é mostrado basicamente que um filhinho, através de uma propaganda impressa da Oi e com a ajuda da magia do Natal, transforma a mãe numa criança da idade dele e assim ele finalmente pode tocá-la. É realmente espantador.

E assim encerramos mais uma análise de propagandas da nossa quadra máxima da telinha: Banco, Cerveja, Automóveis e TV, para sempre nos lembrar o quanto eles lucram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.