Isotônicos fazem realmente bem?

Isotônicos fazem realmente bem?

Não tenho nenhuma resposta científica para isso. Mas analisemos um fato:

Um dos patrocínios mais ridículos que existem na história do universo são os de Isotônicos no futebol. A Powerade entrou forte na concorrência desde a Copa do Mundo 2010.  Pelo menos aqui no Brasil, a marca que ela mais disputa é com a Gatorade. Sempre vemos ali na mão do massagista e espalhados pelas laterais do campo de futebol a garrafa de uma das marcas dos isotônicos.

Vocês já repararam como os jogadores jogam esses líquidos na nuca e na testa para se refrescar e como ele aparentemente tem cor transparente?

E também já repararam que interessante como que as garrafas utilizadas nos campos não são iguais as que encontramos no supermercado? Enquanto no supermercado as garrafas são de plástico transparente, no campo eles são de plástico sem transparência que impede visualizarmos aquela cor fosforescente.

Você atleta futebolista que joga de futebol que tem acesso a essas garrafas, por favor me desminta, mas tudo isso nos leva a concluir de que aquele líquido usado nos campos de futebol é na verdade água, enquanto pagamos R$ 3,00 por meio litro de água com sal e açúcar.

Fico imaginando se alguém realmente afirmar que é água e o público e a imprensa pressionarem as marcas por explicações. Eles diriam: “Nós simplesmente patrocinamos as garrafinhas de água, nunca dissemos que o líquido no interior dela eram nossos isotônicos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.